Turismo catarinense prevê alcançar saldo de 163 mil empregos formais até o fim de 2023

O turismo catarinense prevê geração de 5 mil novos empregos formais até o fim de 2023, totalizando 163 mil oportunidades no setor. Os números estão se aproximando do período de pré-pandemia e constam no Almanach, sistema de inteligência turística desenvolvido pela Secretaria do Turismo de Santa Catarina (Setur).

Em 2020, por causa da pandemia, o setor turístico de Santa Catarina foi um dos mais impactados, com um déficit de aproximadamente 20 mil empregos. A expectativa é que para o segundo semestre ocorra a geração de 5 mil empregos, fechando, então, em 2023 um saldo de 15 mil postos recuperados para o setor. Nos últimos dois anos, houve a recuperação de 10 mil vagas.

Os dados de empregos levam em conta em torno de 60 Cnaes (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) características do turismo, separadas em hospedagem, transportes, agências de viagens, alimentação e atividades recreativas e de entretenimento.

“Os dados trazem ótimas notícias, já que o turismo é de extrema importância para todos os catarinenses. Santa Catarina tem uma vocação natural para o turismo, tem paisagens que agradam a todos, tem as estações bem definidas, é bom no calor e no inverno. E apostamos nisso para fazer o setor crescer ainda mais, gerando mais oportunidades e renda em todas as regiões”, observa o governador Jorginho Mello.

Para o secretário Silvio Dreveck, a recuperação do turismo é um trabalho que deve reunir poder público, iniciativa privada e terceiro setor. “Com a recuperação da pandemia vamos aos poucos criando novas oportunidades de emprego aos catarinenses. A Organização Mundial do Turismo (OMT) já anunciou que 2023 deve ser o ano da recuperação total do turismo mundial e nosso estado não será diferente, aliás deve até superar as expectativas”, destaca.

“Os números são um reflexo direto dos esforços conjuntos do Governo e da Secretaria de Estado do Turismo de Santa Catarina. Além disso, essas informações foram validadas pelo nosso Almanach, um sistema de inteligência turística desenvolvido pela Secretaria, que nos auxilia na tomada de decisões estratégicas. Estamos confiantes de que o turismo continuará a prosperar em nosso estado, proporcionando benefícios significativos para nossa economia e comunidades locais”, complementa o secretário de Estado do Turismo (Setur), Evandro Neiva.

 

Por: Portal Voz Livre
Fonte: Secom/Assessoria de Comunicação da Indústria, do Comércio e do Serviço

Foto: Divulgação Ilustrativa