Presidente Jair Bolsonaro faz a primeira visita oficial à Santa Catarina

Presidente da República prestigia congresso dos Gideões Missionários da Última Hora, evento evangélico que reúne milhares de pessoas em Camboriú

O presidente da República, Jair Bolsonaro faz nesta quinta-feira à tarde a primeira visita oficial a Santa Catarina, estado onde recebeu a maior votação proporcional no primeiro turno da eleição presidencial.

A passagem tem como objetivo a participação na abertura do encontro evangélico dos Gideões Missionários da Última Hora, em Camboriú. Tradicional congresso da Igreja Assembleia de Deus, o evento está na 37ª edição e será realizado no ginásio Irineu Bornhausen.

Durante a visita, Bolsonaro também deve conversar com o governador Carlos Moisés, além de deputados e lideranças do PSL.

Na comitiva presidencial também estarão presentes o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o ministro chefe da Casa Civil, Onix Lorenzoni. A visita de Bolsonaro não deve durar mais do que seis horas.

O presidente embarca em Brasília à tarde e é aguardado às 17h30min no Aeroporto de Navegantes. O presidente da República não sairá para o saguão, pois o helicóptero presidencial vai fazer o seu translado até o estádio de Camboriú, que estará fechado.

De lá, a comitiva segue de carro até o ginásio Irineu Bornhausen, que tem a segurança reforçada com detectores de metal nas entradas.

O deslocamento até o ginásio deverá ser feito em três minutos e seis carros e sete motos devem ser usados para fazer a escolta e segurança da comitiva presidencial até o local.

A chegada de Bolsonaro ao evento está prevista para as 18h40min, onde ele será recepcionado pelo governador Carlos Moisés, deputados e lideranças em uma sala VIP.

Os prefeitos de Florianópolis, Gean Loureiro (MDB); Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira (PSB); e Itapema , Nilza Simas (PSD) confirmaram presença, assim como a líder do governo no Congresso, a deputada Joice Hasselmann (PSL) e o deputado Marco Feliciano (PODE).

A programação prevê ainda que Bolsonaro suba ao palco às 19h, após assistir a entrada das 130 bandeiras na cerimônia que representa os países que mantém missões evangélicas da Igreja Assembleia de Deus pelo mundo.

Um pronunciamento também está previsto e o presidente deverá deixar o Congresso dos Gideões às 20h30min. O avião de Bolsonaro deverá deixar o Aeroporto de Navegantes às 23h30mi

De acordo com a organização do evento, é a primeira vez que um presidente da República participa do evento, que reúne cerca de 150 mil fiéis durante 10 dias de pregações. No ano passado, ainda como pré-candidato, Bolsonaro já havia participado do congresso.

De formação católica, Bolsonaro também estará acompanhada da mulher, Michelle, que é evangélica.

Por: José Luiz Madeira | Voz Livre                                                                                Fonte: Noticias do Dia