Pelo menos seis pessoas morreram nas estradas de SC durante feriado de Páscoa

Os números mostram uma redução nos casos de mortes, se comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram 11.

Pelo menos seis pessoas morreram nas estradas de Santa Catarina durante o feriado de Páscoa. Duas em rodovias federais e quatro nas estaduais, segundo dados oficiais.

Os números mostram uma redução se comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram 11 mortes, sendo quatro em rodovias federais e oito em estaduais. Durante o período das operações, da tarde de quarta-feira (17) até domingo (21) também foram intensificadas as ações de fiscalização, que flagraram motoristas conduzindo embriagados.

O número de acidente também reduziu, segundo o balanço da Polícia Federal Rodoviária (PRF). Foram 127 em 2018, e 95 em 2019 nas rodovias federais. Já os feridos aumentaram 118 no ano passado e 123 este ano.

O primeiro acidente com morte registrado na operação da PRF no estado, ocorreu na quinta-feira (18), envolvendo uma jovem de 21 anos. Ela colidiu a moto que pilotava em um poste no km 133, da BR-101, em Balneário Camboriú, no Litoral Norte, e não resistiu aos ferimentos.

Outra colisão de destaque entre as ocorrências, ocorreu no sábado (20), em que outro jovem de 21 anos morreu após uma batida na BR-101, em São José, na Grande Florianópolis. Segundo a PRF, ele estava fugindo de uma abordagem policial.

Rodovias estaduais

Entre os acidentes registrados nas rodovias estaduais estão o caso da noite de domingo na SC-418, em São Bento do Sul. A colisão, que deixou uma pessoa morta, envolveu um Siena e um Onix.

Também na mesma noite, um jovem de 24 anos morreu após a moto que ele conduzia bater de frente com um carro. O acidente ocorreu na SC-414, em Navegantes, às 18h20.

E na sexta-feira (19), o acidente em São Martinho que tirou a vida de dois peregrinos de São Ludgero, em um atropelamento envolvendo um veículo Mitsubishi L200, de São Martinho-SC.

Outros acidentes

Os índices de mortes nas estradas durante o período podem ser maiores, já que os órgãos registram apenas os casos de óbito no local do acidente. Um desses casos envolveu uma colisão entre um carro e uma carreta na BR-282, em Iraceminha, no Oeste do estado.

Segundo os bombeiros, o motorista do carro de 33 anos ficou preso às ferragens, chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Álcool e volante

Também na BR-282, em Xanxerê, no Oeste catarinense, a PRF flagrou 27 motoristas conduzindo embriagados entre sábado e domingo. Eles tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida e devem pagar multa.

Já em Garopaba, no Sul catarinense, o número de motoristas flagrados dirigindo sob o efeito de álcool chegou a 34, durante a fiscalização realizada entre sábado e domingo.

Ao todo 215 motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool nas rodovias federais de Santa Catarina. Nas estaduais houve 12 registros e as pessoas foram levadas para a delegacia.

Alta velocidade

Na sexta-feira, em 3 horas de operação o radar flagrou 713 motoristas dirigindo em alta velocidade, entre às 11h e às 14h, em Biguaçu, na Grande Florianópolis.

No total foram 11.507 flagrantes de excesso de velocidade por meio dos radares. Outros 197 de ultrapassagens em local proibido e 357 pessoas sem cinto de segurança.

Por: José Luiz Madeira | Voz Livre                                                            Colaboração:  G1 SC