Hospitais filantrópicos devem receber mais de R$ 5,5 mi

Santa Terezinha de Braço do Norte, irá receber R$ 704 mil para o restante do ano.

Sete hospitais filantrópicos da região serão beneficiados com mais de R$ R$ 5,5 milhões de recursos com o convênio assinado ontem pelo governador Carlos Moisés, que dará um reforço financeiro a estas entidades.

Ao todo, foram firmados convênios com 110 entidades de todas as regiões do Estado, que receberão um total de R$ 190 milhões até o fim do ano. A parceria é o primeiro passo na criação de uma nova política hospitalar catarinense, que prevê repasses de até R$ 300 milhões a partir do ano que vem.

Segundo o governo, esses são os valores a serem contratados para o restante deste ano e não estão incluídos aí o que os hospitais já contrataram neste ano.

O Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão, será beneficiado agora com R$ 3,75  milhões, mas outros R$ 7,98 milhões já estavam contratados, perfazendo um total de R$ 11,7 milhões de convênio com o governo do Estado.

Em Imbituba, o valor a ser recebido com este convênio assinado ontem será de R$ 443,5 mil; Laguna receberá R$ 371 mil; Rio Fortuna, R$ 48,9 mil; São Martinho, R$ 32,6 mil; Treze de Maio, R$ 269 mil; e Braço do Norte, R$ 704 mil para o restante do ano.

Para firmar os convênios, as entidades beneficiadas devem ser contratualizadas para a execução de serviços de saúde e possuírem o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de Saúde (Cebas), concedido pelo Ministério da Saúde a pessoas jurídicas de direito privado, sem fins lucrativos, para a prestação de serviços de saúde.

Na avaliação dos gestores dos hospitais, os novos recursos vão dar fôlego para enfrentar as dificuldades financeiras até a implantação da nova política hospitalar.

Por: José Luiz Madeira | Voz Livre
Fonte: Diário do Sul
Foto: Divulgação Web