Hiper Off, presta esclarecimento na Câmara de Vereadores de Orleans, sobre Estacionamento Rotativo.

O Diretor da empresa Hiper Off, gestora do Estacionamento Rotativo de Orleans esteve na tribuna da Casa Legislativa na noite desta segunda-feira (24).

Edivelton Antonio Wischral, esclareceu duvidas e explicou aos presentes como funciona a implantação do serviço e seus sistemas.

Segundo o diretor, a campanha de divulgação da implantação e orientações dos usuários iniciou no dia 21 de maio, e na última sexta-feira (21) começaram os trabalhos do Estacionamento Rotativo no município. “Mesmo com a campanha de divulgação e orientação sempre terá dúvidas, então nosso escritório fica com as portas abertas e as monitoras disponíveis. O escritório fica na Galeria Zomer e Berger para qualquer dúvida que o usuário tiver”, diz Edivelton.

O responsável também enfatiza que, como foi acordado entre todos a implantação desta lei, deve-se ter respeito às monitoras, pois elas estão trabalhando em prol do nosso munícipio.

Edivelton ressaltou que decidiram implementar a Raspadinha, um novo método para que os usuários possam adquirir crédito no Estacionamento Rotativo, o qual foi decidido por meio de conversas com os usuários.

Ele explica como funciona “o usuário pode adquirir quantas raspadinhas quiser. Ao parar o veículo ele vai destacar o cartão, vai colocar o mês, o dia e a hora que ele estacionou o veículo e vai deixar em um local visível no para-brisa”, comenta o diretor.

Na ocasião, o diretor tirou as dúvidas dos vereadores e ouviu as sugestões de melhorias dos mesmos. A empresa também oferece o Aplicativo do Rotativo, que já se encontra disponível no Google Play, como “E-rotativo Digital”, para os sistemas Android e iOS. Edivelton também afirma que, se a vaga for garantida por eles, não é necessário procurar as monitoras, pois ela já estará garantida.

Para quem procura pelo ticket ou a raspadinha, há 12 pontos de venda em lojas da cidade. “Na semana que vem, a própria placa do Rotativo vai estar direcionando o usuário para o ponto de venda mais próximo. Isso é muito importante para todos os turistas ou pessoas de outras cidades quando estacionam no centro para terem uma referência”, explica o diretor.

Além disso, há também vagas para paradas rápidas, que serão sinalizadas a partir desta semana e a fiscalização será realizada pelo município. Edivelton faz questão de frisar que as monitoras também fazem a venda de ticket, porém a função delas é fiscalizar.

Então ele solicita que a compra deve ser feita antecipadamente. Como as formas de pagamento disponíveis no aplicativo são limitadas (no momento apenas por meio de cartão de crédito), o diretor destacou que sua equipe está trabalhando para que a compra passe a ser feita também via boleto, facilitando a reserva do cliente. Também deixou claro que estão abertos a opiniões e ideias para a melhoria do serviço na cidade.

Entenda como funciona o Estacionamento Rotativo em Orleans:

O Rotativo em Orleans funcionará em 13 ruas da área Central da cidade, com um total de 809 vagas. Destas 595 serão destinadas para carros e 163 para motos. As demais vagas serão distribuídas para idosos, deficientes, carga e descarga e paradas rápidas.

As tarifas para veículos são de R$ 1,00 por 30 minutosR$ 1.50 por uma hora e R$ 3,00 por duas horas. Já para as motocicletas as tarifas são de R$ 0,50 para 30 minutos, R$ 1 para uma hora e R$ 2,00 para duas horas.

Outras informações:
O tempo máximo que um veículo pode ficar estacionado em uma mesma vaga é de duas horas. Após esse período é preciso retirar o veículo para não ser notificado.

Onde adquirir o ticket e de que forma?
Os usuários poderão adquirir crédito com as monitoras ou nos postos de venda credenciados. E na quantidade que desejar.

 Crédito Vitual:
O usuário faz um cadastro no aplicativo do estacionamento rotativo e compra o crédito. Quando estacionar o próprio motorista, por meio do aplicativo, habilita a vaga sem precisar procurar o monitor.

Ticket:
Quando o motorista parar em uma vaga é só procurar um monitor ou um ponto de venda, entregar o ticket juntamente com o número da placa do veículo para habilitar a vaga de estacionamento.

Fiscalização:
A fiscalização será realizada pelos monitores de trânsito. Todos vão estar identificados com uniforme e crachás da empresa. Eles carregam um tablete com o sistema eletrônico do estacionamento e uma impressora portátil.

Quando o monitor se deparar com algum veículo que está estacionado de forma irregular, por ausência de e ticket ou numa vaga de carga e descarga, será feito uma notificação. A notificação é chamada de Aviso de Irregularidade (AI). O condutor será comunicado por meio de um registro no para-brisa que sofreu uma penalidade.

Como proceder quando for notificado?

O motorista que foi notificado terá o prazo de cinco dias para fazer a regulamentação no escritório da empresa que gerencia o Estacionamento Rotativo. Para regulamentar, o motorista terá que pagar R$ 10, que serão revertidos em crédito virtual para que utilize no estacionamento.

Se ele não regulamentar em cinco dias, a notificação é encaminhada para o Departamento de Trânsito da cidade e receberá uma multa, de acordo com as leis do Código de Trânsito Brasileiro, de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira.

Mais informações sobre as Sessões da Câmara de Vereadores de Orleans acesse: https://www.orleanscamara.sc.gov.br/

Por: José Luiz Madeira | Voz Livre
Colaboração e Foto: Milla Flores