Frio provoca o efeito Pó de Diamante na serra catarinense

A serra catarinense obteve mais um marca negativa no amanhecer desta sexta-feira (21), dia que marca o solstício de Inverno no Hemisfério sul.

Com a marca negativa, os campos de baixadas amanheceram encobertos por uma fina camada de gelo.

No Vale do Caminhos da Neve, a três quilômetros do centro de São Joaquim, as gramíneas e plantas apresentaram um efeito curioso denominado de “Pó de Diamante”, que é o fenômeno meteorológico que ocorre com frequência nas regiões mais frias (principalmente polares).

O fenômeno é formado por cristais de gelo muito finos, também conhecidos como prismas de gelo, que cintilam ao refletir a luz. A menor temperatura foi registrada na cidade de Bom Jardim da Serra com -3,6, em São Joaquim a temperatura ficou na casa dos -3,3ºC.

Por: José Luiz Madeira | Voz Livre
Fonte: Fonte: RCNoticia