Câmara de São Ludgero aprova aumento aos servidores municipais em reunião extraordinária nesta quarta-feira (20)

Três Projetos passaram em primeira votação, o motivo é agilizar e conceder aumento ao funcionalismo ainda neste mês.

Nesta quarta-feira (20), as 11h30min, os vereadores de São Ludgero reuniram-se em sessão extraordinária. Os Edis deliberam e aprovaram em primeira votação, três projetos de lei, dois se refere ao aumento do funcionalismo público e também dos agentes políticos, o outro se refere a nomenclatura da segunda ponte que está em fase de acabamento no município.

Os dois projetos referentes aos reajustes, devem conceder aumento para os servidores públicos municipais ativos, inativos, os pensionistas da administração pública, do SAMAE, fundações, membros do magistério público do município, da câmara municipal e também para os cargos comissionados e agentes políticos. O índice a ser aplicado é de 2,70%, referente a inflação do período, e 1,40% de aumento real, totalizando 4,10% no total do vencimento básico.

No caso do magistério foi considerado também o piso nacional, e concedido 1,47% a mais no vencimento básico, para acompanhar o índice nacional da categoria, que ficou em 4,17%, totalizando um índice de 5,57%, para a categoria.

Vale ressaltar que a administração de São Ludgero tem uma defasagem no reajuste para os servidores, e o índice de 1,40% que está sendo concedido agora se refere a esta defasagem, mesmo assim, este índice não quita o percentual com o funcionalismo do município. Segundo o Secretário de Administração, Léo Fucther, “nosso planejamento e zerar a dívida que temos com nossos servidores até o próximo reajuste”, destaca o secretário Léo.

Os agentes públicos, (Vereadores, Prefeito, Secretários) receberam apenas a inflação no período, ou seja 2,70% de aumento.

O terceiro projeto apreciados pelos Vereadores, foi a nomenclatura da segunda ponte que deverá receber o nome do Ex-secretário de Obras e Urbanismo e Viação, Rosinei da Silva Walter, o Alemão do frete como era conhecido. Na próxima sessão um vídeo contando a história do ex-secretário será mostrado para justificar o seu nome para segunda ponte.

Para o presidente da câmara, Alexandre Pereira, a reunião extraordinária era necessária, “a sessão extraordinária agilizou os trabalhos, e permitiu que os projetos referentes ao aumento dos servidores pudessem ser apreciados e votado em tempo hábil, para que o executivo possa conceder o aumento ainda neste mês de março”, enfatiza Pereira.

Por: Luizinho Voz Livre