Home Blog

Agentes de Abin paralela sabiam sobre minuta de golpe, indica PF

Documento é parte de outra investigação cujo alvo é Bolsonaro.

Ao menos dois dos investigados presos nesta quinta-feira (11) na Operação Última Milha tinham conhecimento sobre a existência de uma minuta de decreto para promover um golpe de Estado, que poderia ser assinada pelo ex-presidente Jair Bolsonaro.

A Última Milha, tocada pela Polícia Federal (PF), apura uma suposta estrutura paralela de espionagem montada na Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que teria como objetivo monitorar ilegalmente adversários pessoais e políticos do clã Bolsonaro.

A “minuta do golpe” é alvo de um outro inquérito, que tem como alvo o ex-presidente Jair Bolsonaro e assessores próximos. As duas investigações tramitam sob relatoria do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Uma das bases da investigação sobre a Abin paralela são os diálogos mantidos entre o militar Giancarlo Gomes Rodrigues e seu superior, o policial federal Marcelo Araújo Bormevet. Os dois eram os responsáveis por operar diretamente o programa First Mile, adquirido pela Abin e capaz de monitorar o posicionamento geográfico de aparelhos celulares sem ser detectado pelo sistema de telefonia.

A PF aponta que as buscas feitas no First Mile coincidem com as conversas trocadas entre os dois, que foram obtidas pelos investigadores. Em dado momento, destaca a PF, Bormevet pergunta a Giancarlo: “O Nosso PR imbrochável já assinou a porra do decreto?”. O militar responde: “Assinou nada. Tá foda essa espera, se é que vai ter alguma coisa”.

Para os investigadores, “as referências relacionadas ao rompimento democrático declaradas pelos policiais é circunstância relevante que indica no mínimo potencial conhecimento do planejamento das ações que culminaram na construção da minuta do decreto de intervenção”.

A observação foi feita no requerimento no qual a PF pediu a prisão preventiva dos dois investigados, bem como o compartilhamento de informações entre o inquérito da Abin paralela e o da minuta do golpe. Ambos os pedidos foram deferidos por Moraes.

Para a PF, os crimes supostamente cometidos na Abin “se situam no nexo causal dos delitos que culminaram na tentativa de abolição violenta do estado democrático de direito”.

Esse foi um dos argumentos utilizados pela PF para pedir a prisão dos investigados. A autoridade policial alegou que a deflagração de uma nova fase da Última Milha poderia fazer com que os suspeitos buscassem destruir provas que ligassem as duas investigações.

Além de Bormevet e Giancarlo, outras duas pessoas foram presas nesta quinta-feira, enquanto uma quinta segue foragida. De modo preliminar, a PF apontou o cometimento de crimes como pertencimento a organização criminosa, invasão de dispositivo informático alheio, interceptação clandestina de comunicações e tentativa de abolição do Estado Democrático de Direito.

Segundo a Agência Brasil, ela tenta contato com os citados e está aberta para incluir seu posicionamento no texto.

 

Por: Portal Voz Livre
Fonte: Felipe Pontes – Brasília
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Goleadas elásticas marcam a abertura da 19ª Taça Cegero

Com o Ginásio Municipal Lino Philippi lotado a abertura oficial do Campeonato Municipal de Futsal Masculino de São Ludgero – 19ª Taça Cegero – Edição 2024 – Troféu Giratório Mário Henrique Della Giustina, realizada no dia 5 de julho, a partir das 19 horas, foi marcada por duas goleadas elásticas pelo placar de 7 a 1 a favor das equipes 1327 e Cuzidos.

Com 7 equipes disputando na categoria adulto e mais 22 equipes buscando o título nas categorias de base Sub 14 (7 equipes), Sub 11 (7 equipes), Sub 9 (5 equipes) e Sub 7 (3 equipes) os 327 atletas inscritos prometem muitas emoções e jogos de alto nível técnico.

O cerimonial de abertura conduzido por Adriano Becker e Ivomir Ivo Mendes iniciou com a entrada do troféu da competição na categoria adulto trazido pela mascote Abelhinha da Cegero e entregue ao prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, e o presidente da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero), Francisco Niehues Neto, o Chico.

Em seguida, o presidente da Associação Bicão, atual campeão, Maciel Rech, fez a entrega do Troféu Giratório Mário Henrique Della Giustina à Secretária de Educação, Cultura e Esportes, Júlia Pickler, e o Diretor da Comissão Municipal de Esportes (CME), Edmilson Paulo Mores. O cerimonial seguiu com o desfile das equipes, o canto do Hino Nacional Brasileiro, o juramento dos atletas feito pelo jogador Anderson de Bettio Mendes, e as mensagens deixadas pelo presidente Chico e o prefeito Iba. A abertura contou também com duas belíssimas apresentações feitas por alunas da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e por alunos da Oficina Municipal de Dança.

A bola rolou, após a entrada a quadra dos árbitros Claudiomar de Freitas (Árbitro 1) e Cid César Miro (Árbitro 2), acompanhados da Anotadora Fabrícia Francelino, a Siça, e o Cronometrista Jhownata Garcia, com a apresentação dos atletas das equipes do Bicão e 1327 um a um para o público presente e quem assistia pelas transmissões esportivas feitas pela imprensa.

O primeiro jogo da noite foi entre Bicão e 1327. E o placar foi 7 a 1 a favor da equipe do 1327 com dois gols de Uhélliton Bonfim de Souza (86) balançando a rede, dois de Felipe Mendes Tomaz, um de Lucas Silva da Rosa, um de João Warmeling Pacheco e um de Luan Luciano Fraga Severina. Já o gol do Bicão foi marcado por Marcelo Camargo de Souza.

No segundo jogo da noite o Cuzidos goleou o Galo Doido também pelo placar de 7 a 1. Balançaram a rede a favor do Cuzidos por três vezes Alexandro Mendes, duas vezes Eder Luan Chade, uma vez Kaciano Vicente Hobold e uma vez Gabriel Pereira Mores. Jean Füchter marcou o gol do Galo Doido. No intervalo do primeiro para o segundo jogo a equipe da Cegero entregou várias premiações a participantes que ganharam uma promoção realizada pelo instagram da cooperativa em parceria com equipes que disputam na categoria adulta.

A 19ª Taça Cegero acontecerá em duas fases. A primeira fase será classificatória, com sete equipes jogando todos contra todos em turno único, classificando para as semifinais as quatro primeiras colocadas. As semifinais serão realizadas em dois jogos, onde o 1º joga contra o 4º e o 2º contra o 3º. A grande final será em jogo único. No adulto, cada equipe pode inscrever, no máximo, 18 atletas, e contar com três estrangeiros, sendo um goleiro e mais dois jogadores de linha. Porém, nas partidas entre jogadores na quadra e banco reserva podem somar 14 atletas.

Em 2023, no adulto o Bicão conquistou o título de campeão, no Sub 9 o título foi para a França, no Sub 11 o campeão foi o Real Madrid e no Sub 14, equipes apadrinhas pela categoria adulto, comemorou a conquista do título também o Bicão.

A competição é organizada pela Prefeitura de São Ludgero/Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, por meio da Comissão Municipal de Esportes (CME), com a parceria da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero) via Comitê de Cooperativismo, que auxiliou nos custos do cerimonial de abertura, auxiliará na arbitragem, uniforme das modalidades infantis e dos árbitros, no encerramento e outros atrativos a mais.

 

Por: Portal Voz Livre
Fonte e Foto: Notícia Cegero

PLANTA DA SEMANA: ERVA-DOS-GATOS, ERVA-GATEIRA

Famosa por deixar os gatos eufóricos, que gostam de cheirar e brincar com a planta, para os humanos a infusão promove o sono, baixa as febres, carminativa, faz soltar os gases, alivia dor de estômago.

N. Científico: Nepeta cataria
F. Botânica: Labiatae (Lamiaceae)
N. Pupular: ERVA-DOS-GATOS, ERVA-GATEIRA, ERVA-CIDREIRA-BRANCA (no popular), MENTA-DE-GATO, CATNIP (inglês)

CATNIP, atrai abelhas, deixa os gatos eufóricos e tem uso medicinal para humanos.

Penso eu que muitos das raças de animais de apartamento, tem que também passear na natureza, contato com a vida silvestre, essa planta os ajuda a se sentir animais silvestre.

Planta de origem asiática, muito cultivado em outros continentes, e está em nossos jardins e nos pet shop, a planta que meche com o comportamento dos gatos, deixa eufórico, alegre dependendo de cada gato, pode levar de 30 minutos a 02 horas, no primeiro momento, levando a os gatos fazer brincadeiras, em torno de 70% dos gatos, sentem esse efeito, depende da raça, mais em seguida esse gato, fica mais relaxado, acalma relaxa os agressivos, podemos ter muitas plantas em nossa casa, mas eles sente o aroma de longe vão atrás dessa planta, a molécula, o terpeno NEPELACTONA, presente na planta, na hora que os gatos amassam ou mordem as folhas da planta, exala esse aroma volátil, os gatos inalam essa molécula, desencadeiam estímulo eufórico através do olfato no cérebro dos felinos, melhorando a qualidade de vida, podemos usar uma gota do óleo essencial nos brinquedos dos gatos, a erva dos gatos na horta serve de repelente para alguns tipos de insetos

USO ETNOBOTÂNICO

Os povos da antiguidade da Roma antiga já usavam como medicinal, na minha comunidade e no nosso estado SC, tem uso corrente no mesmo sentido da Melissa officinalis, calmante do sistema nervoso central, planta muito aromática que dá saborosa infusão, tem muitos outros usos medicinais para humanos, tem efeito sedativo usada para insônia e ansiedade, muito usada para dor de cabeça, tem suave efeito diurético, usada para hipertensão, para gripes e resfriado, tem efeito expectorante, para soltar catarro, colocada em xaropes para bronquite, digestiva, muito usada para TPM, seu efeito antisséptico e anti-inflamatório, efeito muito bem para picadas de insetos e alergias de uso tópico, tomar e passar para aliviar dores musculares e nas articulações

CUIDADO, sobre o uso da erva, parece não causar mal a saúde dos gatos, uma coisa que me chama atenção, temos muitas espécies de gatos, nesse caso consulte seu veterinário, mas a erva dos gatos está a venda nos pet shop, sobre o uso em humanos, só um dose muita alta pode ter esse efeito eufórico, crianças menores de 12 anos não deve usar, na gravidez e na lactação, não encontrei nas literaturas nada sobre interação com algum medicamento, consulte um profissional de saúde conhecedor de plantas medicinais

QUIROPRAXIA, essa Prática Integrativa Complementar em Saúde  (PICS), que está no SUS, pode ser que seu Centro de Saúde, esteja oferecendo, prática muito usada pela comunidade com bom resultado, que consiste em diagnóstico, prevenção e tratamento, das disfunção mecânica do sistema neuromusculoesquelético, como a comunidade diz botar no lugar as disfunção do esqueleto, ajuste na coluna vertebral e outras partes do corpo, trabalhando a correção de problema de postura, consulte um profissional da área de QUIROPRAXIA.

 

Por: Alésio dos Passos Santos = Professor, palestrante
Cultivador de Plantas Medicinais e PANCs.
P. Alimentícias Não Convencionais

Plantas Medicinais e Fitoterápicos = Coluna Semanal onde 
suas notícias, e opiniões são de total responsabilidade
de seu idealizador.
Sem interferência do Portal Voz Livre.

DIC de Tubarão prende suspeito de roubo de malote de posto de combustível ocorrido em março deste ano

A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, na tarde de ontem (10/07/2024),  prend DIC de Tubarão prende suspeito de roubo de malote de posto de combustível ocorrido em março deste ano

A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, na tarde de ontem (10/07/2024), prendeu preventivamente indivíduo suspeito de ter praticado o roubo de cerca de R$ 15.000,00 de um posto de combustível situado na cidade azul.

No dia 11 de março de 2024, por volta das 15h40min, um indivíduo armado abordou um veículo que levava cerca de R$ 15.000,00 de um posto de combustível desta cidade e subtraiu o valor. Assim que tomaram conhecimento do fato, investigadores da DIC de Tubarão procederam em diligências e identificaram um possível suspeito, um inquérito policial foi instaurado visando melhor apurar os fatos. No dia 10/05/2024, a DIC de Tubarão deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito e coletou elementos probatórios importantes.

Após cerca de 4 meses de investigações, o Delegado de Polícia responsável pelas investigações, com base em robustos conjuntos probatórios, representou pela prisão preventiva do investigado, pleito que restou deferido pelo Douto Juízo da 2º Vara Criminal da Comarca de Tubarão.

De posse do competente mandado de prisão, uma equipe da DIC, após cerca de 3h da expedição do mandado, logrou êxito em capturar o suspeito, tendo ele sido encaminhado à DIC e depois ao Presídio Regional de Tubarão.

O indivíduo também é investigado pelo furto de veículo e uma tentativa de roubo a uma lotérica situada nas dependências do supermercado Líder Atacadista de Tubarão.eu preventivamente indivíduo suspeito de ter praticado o roubo de cerca de R$ 15.000,00 de um posto de combustível situado na cidade azul.

No dia 11 de março de 2024, por volta das 15h40min, um indivíduo armado abordou um veículo que levava cerca de R$ 15.000,00 de um posto de combustível desta cidade e subtraiu o valor. Assim que tomaram conhecimento do fato, investigadores da DIC de Tubarão procederam em diligências e identificaram um possível suspeito, um inquérito policial foi instaurado visando melhor apurar os fatos. No dia 10/05/2024, a DIC de Tubarão deu cumprimento a um mandado de busca e apreensão na casa do suspeito e coletou elementos probatórios importantes.

Após cerca de 4 meses de investigações, o Delegado de Polícia responsável pelas investigações, com base em robustos conjuntos probatórios, representou pela prisão preventiva do investigado, pleito que restou deferido pelo Douto Juízo da 2º Vara Criminal da Comarca de Tubarão.

De posse do competente mandado de prisão, uma equipe da DIC, após cerca de 3h da expedição do mandado, logrou êxito em capturar o suspeito, tendo ele sido encaminhado à DIC e depois ao Presídio Regional de Tubarão.

O indivíduo também é investigado pelo furto de veículo e uma tentativa de roubo a uma lotérica situada nas dependências do supermercado Líder Atacadista de Tubarão.

 

Por: Portal Voz Livre
Fonte: PC Tubarão
Foto: Ilustrativa

Imposto Zero: Veja como fica lista de medicamentos ofertados pelo Farmácia Popular

Remédios incluídos são para colesterol, Parkinson, glaucoma e rinite.

A partir desta semana, mais dez medicamentos passam a ser distribuídos de forma gratuita pelo programa Farmácia Popular. A lista inclui remédios para tratar colesterol alto, doença de Parkinson, glaucoma e rinite. Até então, somente medicações contra diabetes, hipertensão, asma e osteoporose, além de anticoncepcionais, podiam ser retiradas de graça em unidades credenciadas.

Com a atualização anunciada esta semana, 39 dos 41 itens ofertados pelo Farmácia Popular passam a ser distribuídos gratuitamente. Para os demais medicamentos e insumos disponibilizados pelo programa, o Ministério da Saúde já arcava com até 90% do valor de referência e o cidadão pagava o restante, de acordo com o valor praticado pela farmácia.

Confira a lista completa abaixo, conforme indicação médica:

Asma

– brometo de ipratrópio 0,02mg

– brometo de ipratrópio 0,25mg

– dipropionato de beclometasona 200mcg

– dipropionato de beclometasona 250mcg

– dipropionato de beclometasona 50mcg

– sulfato de salbutamol 100mcg

– sulfato de salbutamol 5mg

Diabetes

– cloridrato de metformina 500mg

– cloridrato de metformina 500mg – ação prolongada

– cloridrato de metformina 850mg

– glibenclamida 5mg

– insulina humana regular 100ui/ml

– insulina humana 100ui/ml

Hipertensão

– atenolol 25mg

– besilato de anlodipino 5 mg

– captopril 25mg

– cloridrato de propranolol 40mg

– hidroclorotiazida 25mg

– losartana potássica 50mg

– maleato de enalapril 10mg

– espironolactona 25 mg

– furosemida 40 mg

– succinato de metoprolol 25 mg

Anticoncepcionais

– acetato de medroxiprogesterona 150mg

– etinilestradiol 0,03mg + levonorgestrel 0,15mg

– noretisterona 0,35mg

– valerato de estradiol 5mg + enantato de noretisterona 50mg

Osteoporose

– alendronato de sódio 70mg

Dislipidemia

– sinvastatina 10mg

– sinvastatina 20mg

– sinvastatina 40mg

Doença de Parkinson

– carbidopa 25mg + levodopa 250mg

– cloridrato de benserazida 25mg + levodopa 100mg

Glaucoma

– maleato de timolol 2,5mg

– maleato de timolol 5mg

Rinite

– budesonida 32mcg

– budesonida 50mcg

– dipropionato de beclometasona 50mcg/dose

Dignidade menstrual

– absorvente higiênico (para pessoas em situação de vulnerabilidade e estudantes da rede pública)

Copagamento

De acordo com a lista atualizada do programa, os seguintes itens do Farmácia Popular permanecem na modalidade de copagamento, onde o ministério arca com até 90% do valor de referência e o cidadão paga o restante, de acordo com o valor praticado pela farmácia:

– dapagliflozina 10 mg (indicado para o tratamento de diabetes associada a doença cardiovascular)

– fralda geriátrica (quadros de incontinência)

O programa

Criado em 2004 com o objetivo de disponibilizar medicamentos e insumos de saúde, o Farmácia Popular, segundo dados do governo federal, está presente em 85% dos municípios brasileiros – cerca de 4,7 mil cidades – e conta com uma lista de mais de 31 mil estabelecimentos credenciados em todo o país, com capacidade para atender 96% da população brasileira.

A expectativa do Ministério da Saúde é universalizar o programa, cobrindo 93% do território nacional. Segundo a pasta, foram credenciadas 536 novas farmácias em 380 municípios de referência do Programa Mais Médicos, com 352 cidades do Norte e Nordeste recebendo a primeira unidade cadastrada.

“Para alcançar a meta, o credenciamento de novas farmácias e drogarias foi aberto em 811 cidades de todas as regiões do país, com prioridade para os municípios que participam do Mais Médicos – uma estratégia que visa a diminuição dos vazios assistenciais”, informou o ministério.

 

Por: Portal Voz Livre
Fonte: Paula Laboissière – Brasília
Foto: Ilustrativa

Abin no Governo Bolsonaro, espionou autoridades do Judiciário, do Legislativo e jornalistas

Alexandre de Moraes retirou sigilo de documento da Polícia Federal. 

Investigação da Policia Federal aponta que agentes lotados na Agência Brasileira de Inteligência (Abin) utilizaram ferramentas de espionagem adquiridas pelo órgão para monitorar os movimentos de autoridades do Judiciário, do Legislativo e da Receita Federal, além de personalidades públicas, como jornalistas. Os atos irregulares teriam ocorrido durante o governo de Jair Bolsonaro.

O resultado das investigações está na decisão, de 86 páginas, do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, que autorizou uma nova fase da Operação Última Milha. A operação apura o uso da Abin para fins pessoais e políticos, no governo passado. Moraes é relator do inquérito.

No documento, Moraes escreveu que “a continuidade das investigações evidenciou a utilização dos recursos da Abin para monitorar autoridades dos Poderes Judiciário (Ministros desta Corte e os seus familiares) e Legislativo (senadores da República e deputados federais), com o objetivo de obter vantagens políticas.”

Moraes determinou ainda medidas de busca e apreensão contra José Matheus Sales Gomes, ex-assessor da Presidência, e Daniel Ribeiro Lemos, secretário parlamentar.

De modo preliminar, a PF apontou o cometimento de crimes como pertencimento a organização criminosa, invasão de dispositivo informático alheio, interceptação clandestina de comunicações e tentativa de abolição do Estado Democrático de Direito.

Nesta quinta, quatro pessoas foram detidas: Mateus Sposito, ex-assessor da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República; Giancarlo Gomes Rodrigues, militar e ex-servidor da Abin; Marcelo de Araújo Bormevet, policial federal que atuava na Abin; e Richards Dyer Pozzer, responsável por disseminar notícias falsas. Rogério Beraldo de Almeida, também apontado como responsável por perfis falsos nas redes sociais, segue foragido.

Até o momento identificou-se que as seguintes pessoas foram monitoradas:

Judiciário: ministros Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Luis Roberto Barroso e Luiz Fux;

Legislativo: atual presidente da Câmara deputado federal Arthur Lira, além dos deputados Rodrigo Maia (então presidente da Câmara), Kim Kataguiri e Joice Hasselmann; e os senadores Alessandro Vieira, Omar Aziz, Renan Calheiros e Randolfe Rodrigues.

Executivo: ex-governador de São Paulo, João Dória; Servidores do Ibama Hugo Ferreira Netto Loss e Roberto Cabral Borges; auditores da Receita Federal do Brasil Christiano José Paes Leme Botelho, Cleber Homen da Silva e José Pereira de Barros Neto.

Jornalistas: Mônica Bergamo, Vera Magalhães, Luiza Alves Bandeira e Pedro Cesar Batista.

O monitoramento foi realizado por meio da invasão de aparelhos e computadores, além da infraestrutura de telefonia. Para isso, foi utilizada a ferramenta First Mile, desenvolvida por uma empresa israelense, capaz de monitorar dispositivos móveis “sem a necessidade de interferência e/ou ciência das operadoras de telefonia e sem a necessária autorização judicial”.

O programa foi comprado pela Abin durante a gestão do deputado Alexandre Ramagem, que foi diretor-geral da agência durante o governo Bolsonaro. As investigações mostram que ele “teria instrumentalizado a mais alta agência de inteligência brasileira para fins ilícitos de monitoramento de alvos de interesse político, bem como de autoridades públicas, sem a necessária autorização judicial”, escreveu Moraes.

“As investigações evidenciaram a ocorrência de inúmeras ações clandestinas no período compreendido entre 2019 até 2022 e indicaram que os recursos humanos e técnicos empregados pela estrutura paralela valiam-se de sistemas oficiais e clandestinos para obtenção dos dados necessários para os seus interesses.”

Judiciário

Entre os objetivos da organização criminosa estaria atrapalhar investigações da Polícia Federal e apurações na Receita Federal, além de colocar em dúvida o processo eleitoral a partir de informações que pudessem ser usadas contra ministros do Supremo que também compunham o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O grupo também se dedicou à disseminação de notícias falsas em redes sociais para colocar sob suspeita a movimentação das autoridades e assim desacreditar o processo eleitoral.

Um dos documentos apreendidos pela PF, por exemplo, “remete à tentativa de associar deputados federais, bem como exmo. ministro relator Alexandre de Moraes e outros parlamentares à organização criminosa PCC”, diz trecho do relatório da investigação, que foi destacado por Moraes.

“A ação transparece, dessa forma, o desvio da finalidade das operações de inteligência do campo técnico para o campo político servindo para interesse não republicano, diverso da produção de inteligência de Estado”, acrescenta o relatório da PF.

Além do First Mile, outras ferramentas e bens da Abin foram utilizados para monitorar adversários, como drones, viaturas e agentes da própria PF que foram cedidos à Abin e estavam sob comando de Ramagem.

Desinformação

Em relação ao Legislativo, a PF identificou ações clandestinas para “caçar podres” do deputado federal Kim Kataguiri (União-SP) e também contra Arthur Lira (PP-AL) e Renan Calheiros (MDB-AL). A PF trouxe mensagem de Ramagem que indica que o ex-diretor da Abin determinou pessoalmente o monitoramento de Lira.

Sobre o senador Alessandro Vieira (MDB-SE), as investigações mostram que na época em que foi espionado atuava na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia e havia requerido que o vereador Carlos Bolsonaro (PL-RJ), filho do presidente, fosse convocado a prestar depoimento.

Um dos principais pilares da investigação são as conversas mantidas entre o militar Giancarlo Gomes Rodrigues e o policial federal Marcelo Araújo Bormevet, que operavam diretamente o First Mile. As investigações também citam servidores do gabinete da Presidência que teriam como função disseminar desinformação acerca das autoridades monitoradas, no que ficou conhecido como “gabinete do ódio”.

Em parecer, a Procuradoria-Geral da República (PGR), por exemplo, destacou que pesquisas feitas no programa tendo como alvo a jornalista Luiza Alves Bandeira – ligada a um estudo que levou redes sociais a derrubarem perfis desinformativos – coincidiam com os diálogos entre os agentes da Abin.

“Bormevet determinou ao subordinado Giancarlo que “futucasse até unha” da jornalista, para identificar “ligação com políticos, pessoas em geral”, ao fundamento de que “essa mulher está denunciando perfis de direita”, frisou a PGR.

Receita Federal

A PF aponta ainda operações da Abin para beneficiar o senador Flavio Bolsonaro (PL-RJ). O objetivo seria atingir auditores da Receita Federal que atuaram no relatório que deu origem a uma investigação sobre desvio de salários de assessores, as rachadinhas.

Segundo as conversas obtidas entre Giancarlo e Bormevet obtidas pela PF, a operação buscava “podres e relações políticas” dos auditores. “O produto ilícito da ação clandestina deveria ser ‘jogado num Word somente’, revelando assim o caráter de extra-oficialidade”, disse a autoridade policial.

Nesse ponto, a PF acusa Ramagem de ter mentido em depoimento, ao ser questionado sobre a operação contra auditores da Receita.

Os investigadores apontam ainda a existência de um áudio de uma hora e oito minutos, gravado pelo próprio ex-diretor da Abin, no qual o então presidente Jair Bolsonaro, o ex-ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, e a advogada de Flávio “tratam sobre as supostas irregularidades cometidas pelos auditores da receita federal na confecção do Relatório de Inteligência Fiscal que deu causa à investigação”.

Núcleos

A PF dividiu a organização criminosa em cinco núcleos:

Núcleo alta-gestão: delegados federais que, ao tempo dos fatos investigados, estavam cedidos para a Abin exercendo funções de direção e utilizaram o sistema First Mile para monitorar alvos e autoridades públicas, bem como para serviço de contrainteligência e criação de relatórios apócrifos que seriam divulgados com o fim de criar narrativas falsas. São eles: Alexandre Ramagem, ex-diretor-geral da Abin, e Carlos Afonso Gonçalves, ex-diretor do departamento de Inteligência Estratégica).

Núcleo subordinados: policiais federais cedidos à Abin que serviam de staff para a alta gestão, cumprindo as determinações, monitorando alvos e produzindo relatórios. Integrantes: Marcelo Araújo Bormevet, Felipe Arlotta Freitas, Carlos Magno de Deus Rodrigues, Henrique César Prado Zordan, Alexandre Ramalho e Luiz Felipe Barros Felix.

Núcleo evento portaria 157: formado por agentes responsáveis pelas diligências que resultaram na tentativa de vinculação de parlamentares e ministros do Supremo a organização criminosa. Integrantes: Ottoney Braga dos Santos; Thiago Gomes Quinalia, Renato Pereira Araújo, Rodolfo do Nascimento e Ricardo Macedo.

Núcleo tratamento log: responsável pelo tratamento dos logs (arquivos de registro) disponíveis desde do início da investigação. Integrante: Bruno de Aguiar Faria.

Outro lado

Em seus perfis nas redes sociais, Carlos e Flávio Bolsonaro se manifestaram sobre a operação desta quinta.

“Simplesmente não existia nenhuma relação minha com Abin. Minha defesa atacava questões processuais, portanto, nenhuma utilidade que a Abin pudesse ter”, escreveu Flávio. “A divulgação desse tipo de documento, às vésperas das eleições, apenas tem o objetivo de prejudicar a candidatura de Delgado Ramagem à prefeitura do Rio de Janeiro”, acrescentou.

“A verborragia do dia da imprensa, o gabinete do ódio do sistema, é tentar dar uma cara à narrativa suja deles, SEM NUNCA SEQUER MOSTRAR NENHUMA PROVA, a não ser o fetiche por minha imagem”, publicou Carlos.

A Agência Brasil busca posicionamento dos demais mencionados na reportagem.

 

Por: Portal Voz Livre
Fonte: Felipe Pontes – Brasília
Foto Ilustrativa: José Luiz Madeira

Cães Pitbulls invadem residência em Laguna, matam 21 galinhas e feriram gravemente outro cachorro

Termo Circunstanciado foi lavrado pela PM contra proprietário de cachorro.

Na manhã desta terça-feira (07), a Polícia Militar foi acionada via Centro de Operações – 190, para verificar ocorrência envolvendo um cachorro da raça pitbull.  O animal estava solto na via, colocando em risco pessoas e atacando outros animais, no bairro Portinho.

No local, a guarnição dos cabos Bortolini e Bitencourt constatou que dois cães da raça Pitbull invadiram o pátio de uma residência, onde mataram 21 galinhas e feriram gravemente um cachorro.

Diante da situação, os policiais fizeram um Termo Circunstanciado por omissão de cautela na guarda ou condução de animais em desfavor do proprietário, que deixou os animais soltos em via pública. O dono dos animais deverá comparecer em audiência do Juizado Especial Criminal de Laguna.  A equipe do Bem Estar Animal do município compareceu ao local para auxiliar na ocorrência.

 

Por Portla Voz Livre
Fonte e Foto: Polícia Militar

PM de São Ludgero aborda indivíduo portando Arma Branca

Faca de aproximadamente 30 cm, foi apreendida com o sujeito.

Na madrugada desta terça-feira, dia 08, por volta das 00h10min, a guarnição em rondas pela cidade, avistou um masculino mexendo na cintura, em atitude suspeita, como se tivesse escondendo algum objeto, devido a essa atitude foi procedida a abordagem.

O indivíduo foi identificado em revista pessoal foi localizado na sua cintura uma faca de aproximadamente 30 cm.

Questionado o motivo do porte da faca, o mesmo relatou que tinha usado para carnear um porco à tarde. Foi lavrado o respectivo termo circunstanciado por Porte de Arma Branca.

Vale ressaltar, que a faca estava com bastante ferrugem e não havia indícios de que fora usada para abater suínos. Diante dos fatos, foi lavrado o presente boletim.

 

Por Portla Voz Livre
Fonte: Polícia Militar de São Ludgero
Imagem: Ilustrativa

PLANTA DA SEMANA DORMIDEIRA, NÃO-ME-TOQUE, DORME-DORME

UMA PLANTA BRASILEIRA QUE FASCINA TODAS AS GERAÇÕES

N. Científico: Mimosa pudica L.
F. Botânica: Fabaceae
Nome Popular: PLANTA DA SEMANA DORMIDEIRA, NÃO-ME-TOQUE, DORME-DORME, MIMOSA-PUDICA, MIMOSA-ENVERGONHADA, MIMOSA-TÍMIDA, DORME-MARIA, DORME-JOÃO, MARIA-FECHA- PORTA, ERVA-VIVA, DORMILONA (espanhol), SENSITIVE PLANT (inglês).

Quem nunca tocou na Não Me Toque para ver ela fechar suas folhas, quando ela sente algum toque ou muito calor, o sistema de inteligência da planta, é acionado, para defesa dos predadores, tocou nas folhas, faz com que algumas células localizada nas folhas, percam água e desce rapidamente, fechando os pecíolos (folhas).
Planta muito comum nos nossos ambientes, planta nativa da América Do Sul, tem uso medicinal em muitos países, precisa ser mais valorizada no Brasil, pois tem grande potencial terapêutico.

BRINCADEIRA DE CRIANÇAS E ADULTOS, MARCOU MINHA INFÂNCIA
Qual a criança que não brincou com a mimosa pudica, mimosa que fica envergonhada ao tocar nela.

É uma forma de inteligência da planta, é uma maneira de se proteger dos insetos predadores, espantando evitando os insetos predadores ou qualquer estímulo que o agride.
A pergunta é porque a dormideira se fecha ao tocar nas suas folhas, é uma forma de auto proteção, a água, cálcio e potássio que estão na folha, ao tocar rapidamente eles corre para o espaço que esta entre as células, fazendo a planta feche as folhas, para evitar o ataque dos predadores, voltando a abrir as folhas a alguns minutos depois, esse movimento tem o nome técnico de SEISMONASTISMO, inteligência da planta, depois de acontecer esse movimento por diversas vezes, ela deixa de fechar, quando percebe que esse movimento repetitivo não é prejudicial a ela, pois percebe que não é ataque de predador, elas tem memória, plantada em caso, e fazer sempre essa atividade de tocar, depois de um certo tempo, elas não fecham mais, só um vez por outra, memorizou que esse toque não causa perigo, já noitei isso nas minhas mimosa pudica plantado em vasos, será que é isso mesmo, conhecemos muito pouco sobre a inteligência das plantas.
Planta de fácil cultivo, fica bem em vasos bem drenado, mas gosta de um pouquinho de umidade, por ser uma planta da família da leguminosa, fixa nitrogênio no solo.

PARTE DA PLANTA A SER USADA: folhas, sementes, raizes

USO ETNOBOTÂNICO
Toda parte da planta é usada como expectorante e anti- asmática, a infusão das folhas secas se utiliza como calmante para insônia e anticonvulsivo, evita o envelhecimento celular, faz cessar a diarreia, ajuda nos processos digestivo, alivia dor de cabeça, tem ação analgésica, odontálgica, hepática, desobstruente do fígado, antitumorais, usada de forma externa em cataplasma e banhos para ajudar na cura de tumores, em banhos para desinchar as pernas, um bom remédio para afeções reumáticas e articulares, as raizes é usada para baixar a febre, a mimosa pudica tem ação antiinflamatória, antimicrobiana.

FORMAS DE USO
Infusão, cataplasma, tintura
CURIOSIDADE: o termo pudica encontrado no nome científico significa tímida

CUIDADO
Não colha plantas em locas de poluição, pode estar contaminada com coliforme fecais de animais ou local que teve capina com herbicida.
As sementes é vomitiva, em doses alta é tóxica, as intoxicações sempre acontece de doses excessivas, na preparação deve-se ter o cuidado de observar a parte da planta recomendada, essas informações tem o caráter educativo, consulte um profissional de saúde conhecedor de plantas medicinais.

CONSTELAÇÃO FAMILIAR
Essa terapia foi criada nos anos 80 pelo psicoterapeutica alemão Bert Hellinger, vamos conhecer mas uma das 29 PICS, o conceito de mais uma (PICS) Prática Integrativa e Complementar em Saúde, que esta no SUS e seu centro de saúde pode está oferecendo.
Essa prática é um método psicoterapêutico que tem uma abordagem sistêmica, que busca descobrir a origem do problema, o que está encoberto nas relações familiares, que muita das vezes é a origem do problema, no inconsciente familiar e como se dá esse ralacionamento, procurar a ordem e o equilíbrio, procurando condições para a pessoa reoriente as suas relações, essa técnica trabalha o inconsciente individual e o inconsciente coletivo, atuando em cada membro da família, essa técnica tem a denominação de “ordem do amor”, na verdade essa técnica trabalha o relacionamento humano, usada na vara da família por alguns profissionais do direito.

Procure um profissional que trabalha com essa terapia, para mais informações, essa técnica sendo bem aplicada por um profissional, com certeza temos bons resultado.

 

Por: Alésio dos Passos Santos = Professor, palestrante
Cultivador de Plantas Medicinais e PANCs.
P. Alimentícias Não Convencionais

Plantas Medicinais e Fitoterápicos = Coluna Semanal onde 
suas notícias, e opiniões são de total responsabilidade
de seu idealizador.
Sem interferência do Portal Voz Livre.

Dom Adilson Pedro Busin, Bispo Diocesano, visita câmara de vereadores de Orleans

Bispo da Diocese de Tubarão está em visita nas cidades de toda região.

Câmara de Vereadores de Orleans, realizou sessão ordinária na última Segunda-feira, dia 08 de julho de 2024, às 19 horas, sob a presidência da vereadora Marlize Zomer. Na ordem do dia foram apreciados dois Projetos de Lei e uma Indicação.

Dom Adilson Pedro Busin, Bispo da Diocese de Tubarão, que esta semana em visitas as capelas das comunidades, e nos bairros de Orleans, também visitou e fez uso da tribuna durante a reunião ordinária da Câmara de Vereadores de Orleans, nesta segunda-feira, dia 08 de julho.

Segue abaixo ordem do dia:

PROJETO DE LEI PE Nº 24, de 21 de junho de 2024, de autoria do Poder Executivo, que reconhece despesas empenhadas e não liquidadas dentro da vigência contratual, autoriza o pagamento e dá outras providências.
Projeto foi provado por seis votos a favor e cinco contrários.

PROJETO DE LEI PE Nº 27, de 1º de julho de 2024, de autoria do Poder Executivo, que altera o Artigo 4º, da Lei nº 2.408, de 3 de novembro de 2011, que dispõe sobre o Conselho Municipal de Política Cultural – CMPC de Orleans, suas atribuições, composição e dá outras providências.

INDICAÇÃO Nº 47/2024, de autoria da vereadora Marlise Zomer: “Que o Executivo, através do Departamento de Infraestrutura, faça a colocação de um corrimão na calçada da Rua Luiz Veran Cascaes, ao lado da loja Talismã (apenas ponto de referência), no Centro”.

Deputado Pedro Uczai (PT), destina 200 mil para aquisição Minibus/Sprinter para São Ludgero

Invetimento do Deputado Federal Pedro Uczai (PT), foi no valor de 200.000,00 mil reais e 178.900,00 de contrapartida do município.

Com o objetivo de oportunizar mais conforto aos idosos, adolescentes e crianças que frequentam o Centro Referência de Assistência Social (Cras), vinculado a Secretaria de Assistência Social e Habitação de São Ludgero, a Gestão Municipal adquiriu um veículo Minibus/Sprinter com 21 lugares zero km. O investimento total foi de R$ 378.900,00, sendo R$ 200.000,00 de emenda do Deputado Federal Pedro Uczai e R$ 178.900,00 de contrapartida do município. A entrega oficial aconteceu na sexta-feira, 5 de julho, às 16 horas, com a presença de autoridades e profissionais da pasta.

O veículo é uma conquista importante para garantir que famílias e indivíduos possam acessar os serviços, especialmente aqueles que residem em áreas de mais difícil acesso. Ele permite que integrantes e famílias atendidas pelo Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) participem de oficinas, grupos de convivência e reuniões de acompanhamento, superando a barreira da falta de transporte. Além disso, assegura a presença regular nas atividades, facilitando o acompanhamento contínuo e o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários. O veículo também auxiliará nos deslocamentos oriundos do Centro de Referência de Assistência Social (Cras).

A Coordenadora do Cras de São Ludgero, Jecica de Freitas Damaceno, diz que o veículo garante a inclusão social, permitindo que pessoas de áreas distantes ou isoladas se integrem à comunidade. “O transporte viabiliza ainda a realização de passeios associados aos temas trabalhados, enriquecendo a experiência dos participantes e proporcionando vivências práticas e significativas que complementam o aprendizado teórico”, pontua. Ela finaliza agradecendo a parceria existente com a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes.

O Deputado Federal Pedro Uczai no ato estava representado pelo Assessor Jackson Goulart Pereira. “O deputado Pedro está feliz por ver que o recurso foi bem aplicado pela Gestão Municipal de São Ludgero e faz questão de agradecer ao vereador Valcemir Villani pela solicitação do pedido. O deputado e toda equipe seguem à disposição em Brasília das lideranças da cidade”, pontua.

O prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, com alegria faz questão de agradecer ao deputado Pedro Uczai pelo carinho com São Ludgero na destinação de recursos. “Nossa gratidão e o nosso muito obrigado ao deputado Pedro e sua equipe. É um pedido do vereador Villani e que devido a nossa gestão enxuta e responsável tivemos a possibilidade de colocar uma contrapartida e comprar um veículo maior para o transporte das pessoas para participarem dos serviços que promovem a inclusão social. É mais uma conquista visando o bem comum”, declara.

Na ocasião, o Assessor Jackson recebeu das mãos do prefeito Iba, da Secretária de Educação, Cultura e Esportes, Júlia Pickler, e demais membros da equipe e lideranças um pedido de recursos para compra de veículos para realização de transporte nas áreas educacional e esportiva.

Além do prefeito Iba, do Assessor Jackson, da Coordenadora Jécica e profissionais do Centro de Referência e Assistência Social (Cras), e da Secretaria de Assistência Social e Habitação, também esteve no ato o presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de São Ludgero, Edson Bianco, e demais integrantes da sigla, o vereador Valcemir Villani, na época secretário da pasta. Também prestigiaram a entrega, a secretária de Educação Júlia, o Secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Victor Warmling Paegle (também secretário interino da Secretaria de Assistência Social e Habitação),demais autoridades.

 

Por: Portal Voz Livre
Colaboração: Bertoldo Kirchner Weber

PF indicia Bolsonaro e Mauro Cid no caso das joias sauditas

Relatório foi entregue ao ministro do STF Alexandre de Moraes.

A Polícia Federal (PF) indiciou nesta quinta-feira (4) o ex-presidente Jair Bolsonaro no caso das joias sauditas. O relatório parcial da investigação foi enviado na tarde de hoje ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), relator do caso.

A investigação apurou o funcionamento de uma organização criminosa para desviar e vender presentes de autoridades estrangeiras durante o governo Bolsonaro.

Conforme regras do Tribunal de Contas da União (TCU), os presentes de governos estrangeiros deviam ser incorporados ao Gabinete Adjunto de Documentação Histórica (GADH), setor da Presidência da República responsável pela guarda dos presentes, que não poderiam ficar no acervo pessoal de Bolsonaro.

No entanto, segundo as investigações, desvios começaram em meados de 2022 e terminaram no início do ano passado. As vendas eram operacionalizadas pelo ex-ajudante de ordens de Bolsonaro Mauro Cid.

Ao todo, a PF também indiciou mais 11 investigados, entre eles Mauro Cid, o pai dele, general de Exército Mauro Lourenna Cid, Osmar Crivelatti e Marcelo Câmara, ex-ajudantes de ordens de Bolsonaro, e o advogado do ex-presidente, Frederick Wasseff.

Com o indiciamento dos acusados, o caso deverá seguir para a Procuradoria-Geral da República, órgão que vai decidir se ex-presidente e demais investigados serão denunciados ao Supremo.

Durante as investigações, a PF apurou que parte das joias saíram do país em uma mala transportada no avião presidencial. Em um dos casos descobertos, o general Cid recebeu na própria conta bancária US$ 68 mil pela venda de um relógio Patek Phillip e um Rolex. O militar trabalhava no escritório da Apex, em Miami.

Entre os itens que foram desviados estão esculturas de um barco e de uma palmeira folhados a ouro, recebidos por Bolsonaro durante viagem ao Bahrein, em 2021.

A Agência Brasil busca contato com a defesa dos envolvidos.


Por: Portal Voz Livre

Fonte: André Richter – Brasília
Foto:Valter Campanato/Agência Brasil