Através do FIA, Apae de São Ludgero terá “Parque Acessível”

A Prefeitura de São Ludgero, por meio do Fundo Municipal da Infância e Adolescência (FIA), firmou Termo de Fomento de repasse no valor de R$ 59.602,00 com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) para que seja executado o projeto “Parque Acessível”.

O ato aconteceu às 10h45min da segunda-feira, 17 de julho, no Gabinete do Prefeito.
Com o repasse será possível fazer aquisição de brinquedos acessíveis permitindo a integração entre crianças com deficiência, além de potencializar a acessibilidade ao lazer, assegurando a socialização e o acesso aos brinquedos com dignidade.

Ao falar sobre o repasse destinado a Apae, o prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, faz questão de agradecer as empresas e pessoas físicas que ao declararem o imposto de renda fizeram e fazem as destinações ao FIA. “Por meio das decisões dos empresários e pessoas físicas, está sendo possível investir em projetos importantes e relevantes a serem desenvolvidos na escola da Apae”. Ele também agradece aos vereadores pela aprovação.

Sobre o Fundo para a Infância e Adolescência – FIA

O Fundo para a Infância e Adolescência – FIA, autorizado pela Lei Federal 8.069/1990, é um fundo especial criado para captar e aplicar recursos financeiros destinados especificamente para a área da infância e adolescência.

Os recursos destinados ao FIA são aplicados conforme as demandas e as prioridades apuradas pelos Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os Fundos têm como objetivo financiar projetos que atuem na garantia da promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente.

Os recursos são aplicados exclusivamente na área de criança e adolescente, com monitoramento dos Conselhos de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). A criação dos Fundos foi prevista pelo Estatuto da Criança e do Adolescente em seu art. 260.

 

Por: Portal Voz Livre
Colaboração: Comunicação Município de São Ludgero
Foto: Divulgação Portal Voz Livre